logo

Pesquisa & Desenvolvimento

Pesquisa e Desenvolvimento 

A Lei 9.991/2000, bem como as alterações vigentes da mesma, com o objetivo de incentivar a busca constante por inovações e fazer frente aos desafios tecnológicos do setor elétrico, regulamentou o Programa de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) do segmento.
Neste contexto, as empresas concessionárias, permissionárias ou autorizadas de distribuição, transmissão e geração de energia elétrica devem aplicar anualmente um percentual mínimo de sua receita operacional líquida no Programa de Pesquisa e Desenvolvimento do Setor de Energia Elétrica.

Estão isentos da obrigatoriedade de investir em P&D aqueles que geram exclusivamente a partir de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs), biomassa, cogeração qualificada, usinas eólicas ou solares.

A obrigatoriedade na aplicação desses recursos está prevista em lei e nos contratos de concessão, cabendo à Agência regulamentar o investimento no programa, acompanhar a execução dos projetos e avaliar seus resultados.

A ANEEL estabelece as diretrizes e orientações que regulamentam a elaboração de projetos de P&D por meio do Manual de Programa de Pesquisa e Desenvolvimento do Setor de Energia Elétrica.
Diferentemente da pesquisa acadêmica pura, que se caracterizam pela liberdade de investigação, os programas de P&D no setor de energia elétrica deverão ter metas e resultados bem definidos.

Atualmente a distribuição dos percentuais relativos à Lei 9.991/2000 e alterações desta com respectivas vigências é apresentada na Tabela 1.

Segmento*

 Lei 12.212/2010 (alterou incisos I e III do art. 1º da 9.991/2000)

 Vigência: 21/01/2010 a 31/12/2015

A partir de 1º/01/2016

P&D

PEE

 FNDCT

MME

 P&D

 PEE

 FNDCT

 MME

 

 D

 0,20

0,50

0,20

0,10

0,30

0,25

0,30

0,15

 

 G

 0,40

 

0,40

0,20

0,40

 

0,40

0,20

 

 T

0,40

 

0,40

0,20

0,40

 

0,40

0,20

 
 


* D – Distribuição; G – Geração; T – Transmissão.

Projeto Atual:

Neste momento o DEMEI possui um convêniocom o curso de Engenharia Elétrica da UNIJUÍ, através do Grupo de Automação Industrial e Controle – GAIC, para implementação de um Programa de P&D intitulado “Análise, modelagem e desenvolvimento de estratégias de utilização de Filtros Ativos de Potência cooperativos em sistemas de distribuição de Energia Elétrica”.

 

Objetivos:

1 - Realizar um estudo de adequação dos modelos utilizados para representação e simulação de circuitos elétricos de linhas de transmissão e de circuitos elétricos de redes de distribuição.

2 - Desenvolver uma técnica de operação cooperativa de FAPs do tipo paralelo baseada no método utilizado na solução do problema de localização ótima, aplicado a redes elétricas de distribuição.

3 - Desenvolver uma versão do algoritmo de solução do problema de alocação ótima e de dimensionamento de FAPs do tipo paralelo em redes de distribuição de energia elétrica.

Ainda tem por objetivos:

a) Projetar e implementar um sistema de aquisição de dados a ser instalado na rede elétrica de média e baixa tensão da concessionária, para compor um banco de dados (i.e., SGBD), que permitirá a realização dos estudos acima indicados;

b) Realizar uma compilação dos dados coletados e a partir destes sintonizar os parâmetros do modelo utilizado para representar e simular os circuitos elétricos de média e baixa tensão da rede elétrica de distribuição do DEMEI, permitindo um estudo de caso real de aplicação de FAP's em operação cooperativa, com previsão do uso de recursos de simulação em tempo real dos modelos e cenários de operação;

c) Avaliar a eficácia da solução obtida para o problema de alocação ótima, bem como técnica de operação cooperativa de FAPs, por meio de simulações utilizando os modelos dos circuitos elétricos de média e baixa tensão, determinados na primeira etapa do projeto;

d) Avaliar o comportamento das perdas técnicas do SEP quando da operação dos FAP's de forma cooperativa.

 

Custo Total: R$ 356.228,16, dividido em duas etapas, a primeira no ano de 2012, no valor de R$ 250.707,98 e a segunda em 2013 no valor de R$ 105.520,18. O projeto encontra-se em fase final de implementação e já obteve como resultado a formação de um aluno em curso de Mestrado em Modelagem Matemática além da aprovação de artigos técnicos em seminários e congressos da área.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

© 2013 - DEMEI - Departamento Municipal de Energia Elétrica de Ijuí
Avenida Getúlio Vargas, 1454 | Caixa Postal 371 | CEP 98700-000 | Ijuí/RS
Central de Atendimento: 0800.51.9200 | demei@demei.com.br